Como instalar WPSCAN e encontrar vulnerabilidades no WordPress

Você já conhece o WPScan? Se trata de uma ferramenta que permite escanear possíveis vulnerabilidades no WordPress.

Se você possui um site com grande tráfego, com dados sensíveis de clientes ou possui qualquer outra aplicação com o WordPress, eu recomendo você testar essa ferramenta. Mas preciso te dizer que o WPScan está disponível apenas para Linux e MacOS.

Ele vem pré-instalado nas seguintes distribuições do Linux:

  • BackBox Linux
  • Kali Linux
  • Pentoo
  • SamuraiWTF
  • BlackArch

No macOS pode ser instalado com o Homebrew. E para Windows não é suportado.

Instalando e atualizando WPSCAN

Estou utilizando o MacOS, e vou fazer a instalação com o gerenciador de pacotes Homebew. Se preferir, você pode fazer a instalação seguindo os passos do site oficial.

O primeiro passo é instalar o Git, pois é lá que ele está hospedado.

Mac/Debian/Ubuntu

# sudo apt-get install git

Agora baixe a pasta do wpscan a partir do Github, diretamente para seu diretório root, utilizando o comando git clone.

# git clone https://github.com/wpscanteam/wpscan.git
Como instalar WPSCAN e encontrar vulnerabilidades no WordPress - SECNET

Acesse a pasta.

# cd wpscan

Instalando o Bundler

A ferramenta WPScan é uma aplicação em Ruby, que usa “gems” como parte de sua linguagem de programação. O Bundler ajudará a manter o WPScan atualizado.

Instale com privilégios root.

Mac

# sudo gem install bundler && sudo bundle install --without test
Como instalar WPSCAN e encontrar vulnerabilidades no WordPress - SECNET

Ubuntu / Debian

# sudo gem install bundler && bundle install --without test

Erro comum: em alguns casos pode acontecer o seguinte erro: Could not locate Gemfile. isso acontece porque a pasta onde está sendo instalado não foi encontrados os arquivos, nesse caso verifique se você está na pasta wpscan.

Dependendo das configurações da sua máquina a instalação pode demorar alguns minutos.

Depois disso, pronto! O WPScan está pronto para ser usado.

Verificando vulnerabilidades

A verificação é simples, e pode ser feita através de um comando.

Verificação rápida e não intrusiva

# ruby wpscan.rb --url www.exemplo.com.br
Como instalar WPSCAN e encontrar vulnerabilidades no WordPress - SECNET

Alguns comandos úteis

Verificar plugins instalados

# ruby wpscan.rb --url www.exemplo.com.br --enumerate p

Atualizando banco de dados da ferramenta

# ruby wpscan.rb --update

Banco de vulnerabilidades

A ferramenta conta um banco de dados atualizado diariamente com novas falhas do WordPress. E já conta com mais de 8 mil vulnerabilidades entre temas, arquivos e plugins.

O banco de dados de vulnerabilidades do WPScan usa identificadores CVE para permitir aos usuários cruzar vulnerabilidades de referência com diferentes ferramentas e bancos de dados de vulnerabilidades.

O número CVE será exibido na página da vulnerabilidade.

Common Vulnerabilities and Exposures CVE – (Vulnerabilidades e exposições comuns) é o nome dado a vulnerabilidades de segurança de informações conhecidas publicamente.

Mais informações: https://wpscan.com/about

Dicas rápidas

aSeparei também algumas dicas rápidas para proteger seu site.

Uma delas é contratar um serviço que faz verificações e identifica vulnerabilidades no seu site, como o SiteLock.

Outras dicas:

  • Manter o WordPress atualizado.
  • Manter o plugins e temas atualizados.
  • Tenha senhas fortes (todos usuários).

Conclusão

A segurança do seu site deve ser uma prioridade, seguida do desempenho. Não ter que se preocupar com esses fatores ajudam você a manter o foco nos negócios.

A SAN possui todas suas hospedagens otimizadas e monitoradas por especialistas, pois além de preocupados com a sua infraestrutura, estamos preocupados com o seu negócio.

Este artigo lhe foi útil?

Clique em uma estrela para classificar!

Diga-nos como podemos melhorar este post?